domingo, janeiro 27, 2013

Agenda de palestras 1º Semestre 2013 - Berenice Adams

Abrindo agenda para palestras 1º Semestre 2013 - Berenice Adams




Temas abordados:
- Educação Ambiental para Sustentabilidade /
- Sensibilização para conscientização ambiental /
- SANEAMENTO BÁSICO: INFORMAÇÕES ESSENCIAIS PARA DOCENTES DA EDUCAÇÃO BÁSICA /
- A IMPORTÂNCIA DA LEI 9.795/99 E DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA DOCENTES /


Contatos para mais informações: bere@apoema.com.br

Confecção de mini-livro

Confecção de mini-livro 
Bere Adams

Esta é uma sugestão legal para incentivar as artes da leitura, desenho, escrita, e usar a criatividade docente e discente. 

É a confecção de um mini-livro feita com folha em tamanho ofício. Rende uma pequena publicação de 4 páginas com direito a capa e contra-capa:

Depois, é só usar a imaginação para fazer o livrinho ganhar vida... 


Passo a passo

1  – Dobrar a folha no meio como quando vamos fazer um barquinho de papel (não é ao cumprido) 



2 – Depois, dobra fazendo tipo uma gaita – dobra uma parte para cima encostando as pontas na parte do papel dobrado ao meio e depois, vira e dobra também encostando as outras pontas na metade da folha – deve ficar como uma gaita com um “W”.



3 – A  dobra seguinte serve mais para marcação. Feche a gaita e dobre-a ao meio. 





 4 - Depois, abra a dobra até formato de gaita novamente, deixando as bases na mesa.


 5 - É hora de cortar, mas observe, corte até a primeira marca da dobra!



6 - A folha, a esta altura, deverá estar assim...


7 - Levante a folha pegando em uma das partes que foi cortada e deixe a outra parte encostar na parte que está segurando



Em seguida, dobre juntando todas as páginas que se formaram, e pronto

Fotos - Bere Adams

É só começar a usar a imaginação.


Imagem - resumo
Imagem - resumo

sexta-feira, janeiro 25, 2013

Educação alimentar para sustentabilidade física e ambiental



É uma grande dificuldade alimentar bem as crianças, como todo esse estímulo pelos alimentos industrializados, mas não podemos ceder, pelo bem deles...

Este vídeo é excelente para uma reflexão sobre a educação alimentar.






terça-feira, janeiro 08, 2013

Um 2013 mais pé no chão



Um 2013 mais pé no chão
Por Bere Adams

Você se lembra qual foi a última vez que andou de pé no chão, diretamente na terra? Poucos vão responder que sim, dizendo que fazem isto com certa frequência, outros dirão que não, pois isso não acontece há muito tempo e muitos dirão simplesmente que não se lembram.  Esta mesma resposta será dada para diversas perguntas relacionadas aos nossos “contatos imediatos com a natureza”, como por exemplo: Qual foi a última vez que você tomou um gostoso banho de chuva (não vale os inesperados)? Quando você colheu uma fruta do pé, ou uma hortaliça? Quando foi que você afofou a terra para plantar?

As nossas respostas para estas questões, na maioria, são negativas, pois vivemos em um sistema que nos retira do colo da mãe Terra de uma forma que nem sequer percebemos. Aos poucos somos “raptados” do nosso “estado humano natural” para sermos incluídos no sistema social de produção, quer seja de bens materiais ou prestação de serviços, não importa. O que mais me preocupa nisso tudo são as conseqüências que este distanciamento com a Terra provoca na humanidade, e, sobretudo, no meio ambiente. Estamos tão distanciados que nem nos impressionamos mais o caos ambiental que nos rodeia... Estamos “anestesiados” desta realidade por estarmos distanciados dela.

Pelo bem do Planeta e de todos nós, precisamos voltar a nos sentir TERRA. Vamos incluir a Terra em nossas agendas: marcar horários com parques, rios, campos, com os nossos quintais, com o ar LIVRE, com os pés no chão. Temos 365 dias e a melhor hora de planejarmos como eles serão é agora!



Publicada no Jornal NH em 7 de janeiro de 2013

Nova fase do Projeto Apoema - Educação Ambiental


Projetos são planejamentos detalhados para a concretização de sonhos, que transformam objetivos e ideais em ações. O Projeto Apoema - Educação Ambiental é isto, um conjunto de projetos, um conjunto de sonhos planejados há muito tempo. E como todo projeto, passa por diversas transformações, sempre buscando se adequar para melhor atuar. O projeto existe desde 1992 e foi para a internet em 1999. Em 2003 nasce a empresa Apoema Cultura ambiental para a publicação de livros e também para apoiar e viabilizar o Projeto Apoema. Em dezembro de 2007, o Projeto Apoema transforma-se em uma ONG. No final de 2012, extingue-se como ONG e transforma-se em PROGRAMA DE AÇÃO SÓCIOAMBIENTAL da Apoema Cultura Ambiental. Para saber mais, acesse o arquivo PDF AQUI



Abaixo, a ata da sua extinção como ONG para tornar-se programa socioambiental da Apoema Cultura Ambiental (o que efetivamente nunca o deixou de ser)

ATA DE ASSEMBLEIA GERAL DE EXTINÇÃO DA ASSOCIAÇÃO

Aos vinte e oito dias do mês de dezembro do ano de dois mil e doze realizou-se a reunião de extinção da Associação Projeto Apoema – Educação Ambiental, sendo que o referido projeto integrará programas socioambientais de outras instituições. A reunião ocorreu na sede, localizada no município de Novo Hamburgo, no Estado do Rio Grande do Sul, na Rua São Luiz Gonzaga, número um mil cento e cinquenta e dois, às dezenove horas e trinta minutos. Estiveram presentes o Presidente Pedro Adams Junior, e o Secretário Daniel Felipe Martin. O Presidente abriu a reunião colocando que, apesar de a organização estar atendendo suas as finalidades principais ao promover a educação ambiental através de diversos projetos coordenados e idealizados pela voluntária Berenice Gehlen Adams, e sugeriu a extinção da ONG para transformar-se em programas socioambientais de outras instituições interessadas em dar prosseguimento as ações. O Presidente salientou que o Projeto Apoema – Educação Ambiental nunca gerou receita e nem tem conta bancária ou bens patrimoniais. Passando a Assembléia Geral às deliberações, ficou decidido: por unanimidade de votos aprovar a extinção da associação. Nada mais havendo a tratar, foi encerrada a Assembléia e lavrada a presente ata, que, lida e aprovada, é assinada pelos presentes, Pedro Adams Junior e Daniel Felipe Martin.