terça-feira, outubro 26, 2010

Elaborando uma Dinâmica Ambiental INTERDISCIPLINAR com embalagens

Elaborando uma Dinâmica Ambiental INTERDISCIPLINAR com embalagens

Berenice Gehlen Adams

Atividade:

Dinâmica - Explorando e Estudando Embalagens - Educação Ambiental a partir da sucata



Desenvolvimento e estratégias pedagógicas: a atividade será desenvolvida a partir de uma dinâmica de grande grupo, indo para pequenos grupos e finalizando com uma atividade individual, utilizando as seguintes estratégias pedagógicas: observação, comparação, classificação, comunicação, participação, expressão corporal, oral e escrita, leitura, interpretação.

Faixa etária: a partir de 9 anos.

Público: até 30 pessoas.

Ambiente de aplicação: a sala de aula ou pátio da escola (podendo ainda ser em uma praça ou parque e a conclusão em sala de aula).

Duração: 1h/a.

Área do conhecimento envolvida: Português, Geografia, Ciências, Matemática, Artes, e outras que possibilitem associação no decorrer da atividade.

Objetivo da prática: estudar embalagens quanto ao seu tipo de material, ao seu produto e a sua origem, trabalhando diversas áreas do conhecimento efetivando atividades interdisciplinares.

Avaliação: no final da atividade solicitar que cada aluno escreva o que aprendeu com a dinâmica, explicitando do que mais gostou e do que não gostou. Criar um texto com três parágrafos sobre a sua embalagem. A partir da atividade escrita será visto o que foi compreendido, o que não foi compreendido e, na outra aula será feito um debate sobre a atividade.

Passo a passo da atividade:

- Solicitar anteriormente que os alunos tragam para a escola uma embalagem de algum dos produtos que utilizam em casa.

- Iniciar a atividade conversando sobre o consumo e a importância do consumo consciente.

- Apresentar que será feita uma atividade de exploração sobre as embalagens trazidas.

- Organizar as classes que devem ser dispostas em um grande círculo e os alunos ficam de pé, dentro do círculo, com a sua embalagem na mão.
- A partir de dados da embalagem, fazer agrupamentos.

- A professora pede que observem o tipo de embalagem de cada um. Lista os tipos no quadro: caixa de papelão, pote plástico, saco plástico, saco de papel, etc. Após a listagem, ela dá um sinal para que os alunos se agrupem por tipo de embalagem – sem interferir nessa movimentação. Após os agrupamentos feitos, cada grupo mostra aos outros o que cada embalagem tem em comum em referência ao tipo e analisam se a embalagem é reciclável ou não.

- Em seguida a professora solicita que se desfaçam os grupo e que cada um observe o Estado de origem do produto, que deve constar na embalagem e lista os estados no quadro. Da mesma forma, organizam-se grupos conforme a origem do produto. Dá para explorar bastante esse item, verificando também as cidades, podendo fazer uma listagem destas e, em um mapa, marcar todas as cidades que estão envolvidas ali, nos produtos trazidos. Também explorar o que implica no trânsito para que os produtos cheguem até a cidade. Após a listagem, a professora dá um sinal para que os alunos se agrupem por Estado – sem interferir nessa movimentação. Após os agrupamentos feitos, cada grupo diz aos outros o estado de origem da sua embalagem.

- A seguir, a professora solicita que se desfaçam os grupo e que cada um observe o conteúdo do produto, verificando se é um produto comestível, de limpeza, de utilitários, anota as características dos produtos no quadro e novamente solicita que os alunos se agrupem conforme o conteúdo do produto, Cada grupo vai analisar do que cada produto é feito e para que serve, e fazer um pequeno “comercial”, improvisado, do seu produto. Após a apresentação de cada grupo, a professora faz comentários sobre a influência da propaganda em nossas vidas, solicitando que os alunos façam comentários.

- Desfazem-se os grupos novamente e a professora solicita que os alunos digam o peso do conteúdo de cada embalagem e novamente organizam-se em grupos por peso idêntico ou aproximado – para aqueles que não tenham pesos exatos aos dos colegas. Cada grupo deverá somar os seus pesos e apresentar para o grande grupo o peso final da soma dos produtos trazidos.

- Dividir a turma em grupos para a criação de uma montagem artística com as sucatas trazidas.

- Finalizar a atividade com a avaliação, já descrita anteriormente.

Obs. Esta atividade pode ser desenvolvida periodicamente, com outras embalagens.

Um comentário:

Anônimo disse...

Um excelente momento para estruturar uma pesquisa de avaliação da percepção ambiental dos envolvidos frente à problemática da Coleta Seletiva. Nossas pesquisas, uma delas para o MEC e outra para a ASPEA (Portugal) mostram um perfil dos jovens um tanto diferente do que se anuncia. Ou seja, há, efetivamente, a necessidade de quantificar efetivas não conformidades de "conhecimento" ou de "adoção" e, aprimorar (ainda mais) o trabalho até agora desenvolvido nesta área.

Núcleo de Estudos em Percepção Ambiental / NEPA
Grupo sem fins lucrativos
roosevelt@ebrnet.com.br