Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

Facilidades perigosas e mudanças de atitudes

Facilidades perigosas e mudanças de atitudes - Por Bere Adams



É de impressionar a diversidade de mercadorias que foram criadas para, ilusoriamente, facilitar a nossa vida, e que estão à nossa disposição, distribuídas metodicamente em prateleiras de supermercados e nos mais variados pontos de comércio que nos circundam. Destaco o sentido ilusório, pois a maioria destas mercadorias existe para alimentar o sistema capitalista que, literalmente, atropela e compromete toda qualidade de vida do Planeta.

Pensando sobre isto é inevitável não lembrar de como eram as coisas até há pouco tempo. Na alimentação não existiam as "facilidades" de, por exemplo, alimentos industrializados e tele-entregas – não só de alimentos, mas também de diferentes tipos de mercadorias. No vestuário, não havia roupas prontas de confecções industrializadas.

Com o passar do tempo, as invencionices vão aumentando rapidamente e a elas vamos nos acostumando, ao ponto de nos tornarmos completamente dependentes …

Apoie a revista Educação Ambiental em Ação!

Imagem
A revista precisa do seu apoio. Saiba por que e como doar!
A revista Educação Ambiental em Ação nasceu a partir do GEAI – Grupo de Educação Ambiental da Internet, organizado pelo Projeto Apoema Educação Ambiental. Está na 59ª edição, e desde o seu início, a cada edição, a qualidade do trabalho vem melhorando, assim como o sistema da revista, que vem sendo aprimorado pelo desenvolvedor e editor Julio Trevisan, para bem atender a demanda de artigos que a revista recebe pelo sistema, a cada trimestre. Os artigos enviados ficam sob a responsabilidade da editora Sandra Barbosa, que os analisa e os encaminha para revisores, e depois de aprovados são, então, formatados e publicados. Um dado que chama a atenção, conforme Sandra, é o expressivo número de artigos que chegam de universidades, principalmente das regiões Norte e Nordeste. Quem coordena a equipe de trabalho é a editora Berenice Adams, que elabora anualmente um cronograma das edições, organiza e formata o material vindo pelo sistema…

Uma educação pela vida

Imagem
Artigo da semana da Apoema: Uma educação pela vida - por Bere Adams

Todos já sabemos que precisamos mudar o nosso estilo de vida para que possamos viver com mais qualidade. E esse estilo representa uma concepção errônea de vida, que é ensinada e aprendida, principalmente, nos espaços educacionais.


Muitos especialistas da educação de todo o mundo já dizem, há tempos, que o sistema de educação que é fragmentado e focado no conhecimento não consegue formar um sujeito crítico e cidadão, aliás, Rubem Alves criticava severamente o conceito “formar”. Dizia ele que “formar é colocar na fôrma, fechar. Um ser humano ‘formado’ é um ser humano fechado”.

Porém, poucas são as mudanças que ocorrem nos ambientes educacionais. Nestes, dá-se, ainda, mais ênfase para o conhecimento cognitivo focado, também, na competitividade: devemos estudar mais para sermos melhores!

Mas, onde ficam os ensinamentos necessários para o desenvolvimento da autonomia, da persistência, dos valores, da organização, da coope…