Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Atropelo estúpido

Imagem
Atropelo estúpido
Bere Adams

Em POA/RS, na sexta-feira passada (25/02) ocorreu o atropelamento de 10 ciclistas.
Um motorista, que não aguentou esperar alguns minutos para as bikes do movimento Massa Crítica passarem em seu tradicional e mensal passeio, pisa propositalmente no acelerador e sai em disparada atingindo diretamente 10 ciclistas.
Tem um vídeo que mostra o momento exato do atropelamento, mas não quis postar aqui pelo mal estar que me causou quando o assisti, horrível! Absurdo, inacreditável como o ser humano pode deixar de ser humano!
O motorista atropelou os ciclistas, fugiu, sumiu. Está sendo procurado. Enquanto não o encontram, é bom tomar cuidado:


//////////// Charge extraída do http://massacriticapoa.wordpress.com/\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

Saiba mais sobre o ocorrido acessando o link acima.

Justiça Federal no Pará suspende licença de instalação da Usina de Belo Monte

Justiça Federal no Pará suspende licença de instalação da Usina de Belo Monte - Plantão - 25 de fevereiro de 2011


Juiz alegou que licença de instalação é ilegal porque não atende a pré-condições estabelecidas pelo próprio Ibama


A Justiça Federal no Pará cassou a licença de instalação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). No fim de janeiro, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) havia concedido uma licença parcial para a montagem do canteiro de obras.


Em liminar, o juiz federal Ronaldo Desterro determinou a suspensão imediata da licença. Assim que a empreiteira for notificada, todas as obras que eventualmente tenham começado no local deverão ser paralisadas.


O magistrado também proibiu o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de repassar recursos a Norte Engenharia Sociedade Anômica (Nesa), empreiteira responsável pela construção da hidrelétrica. De acordo com a Justiça Federal no Pará, a proibição vale até…

Uma batalha injusta, mas não perdida

Uma batalha injusta, mas não perdida

Berenice Gehlen Adams


Somos soldados de uma batalha injusta, como a de anões lutando contra gigantes. E nós somos os anões, lógico!



Apesar disto, somos persistentes e com muito esforço abrimos mão de comodidades e confortos idealizados a partir da Era Industrial. Deixamos de consumir alimentos industrializados, damos preferência para produtos “ecológicos”, encurtamos o tempo debaixo do chuveiro, utilizamos aparelhos de forma racional, reciclamos materiais, plantamos. Não queremos ser apenas consumidores do Planeta. Idealizamos alcançar a utopia de um mundo melhor, mais equilibrado, ou pelo menos, andar na sua direção, já que utopia, por definição, é algo que nunca se alcança. Mesmo assim, a perseguimos. Todos sabemos que é necessário preservar a natureza! Lemos diariamente que é imprescindível minimizar os impactos que causamos ao meio ambiente e cada vez mais ouvimos falar que é preciso preservar. E tentamos cumprir esta missão, a de reverter, em equ…

Caí no mundo e não sei como voltar

Caí no mundo e não sei como voltar



Eduardo Galeano


O que acontece comigo é que não consigo andar pelo mundo pegando coisas e trocando-as pelo modelo seguinte só por que alguém adicionou uma nova função ou a diminuiu um pouco…

Não faz muito, com minha mulher, lavávamos as fraldas dos filhos, pendurávamos na corda junto com outras roupinhas, passávamos, dobrávamos e as preparávamos para que voltassem a serem sujadas.


E eles, nossos nenês, apenas cresceram e tiveram seus próprios filhos se encarregaram de atirar tudo fora, incluindo as fraldas. Se entregaram, inescrupulosamente, às descartáveis!




Sim, já sei. À nossa geração sempre foi difícil jogar fora. Nem os defeituosos conseguíamos descartar! E, assim, andamos pelas ruas, guardando o muco no lenço de tecido, de bolso.


Nããão! Eu não digo que isto era melhor. O que digo é que, em algum momento, me distraí, caí do mundo e, agora, não sei por onde se volta.


O mais provável é que o de agora esteja bem, isto não discuto. O que acontece é que não…

DESAFIOS PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO AMBIENTAL NO BRASIL

DESAFIOS PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO AMBIENTAL NO BRASIL
* Vilmar Sidnei Demamam Berna

Como financiar a informação ambiental que o público precisa mas não está disposto a buscar nem pagar por ela? E para quem quer e sabe onde buscar, a informação ambiental está disponível de verdade? E para quem recebe sem buscar, a informação ambiental tem sido de qualidade? Afinal, informação ambiental para que, e por quê? Afinal, existe ou não falta de democratização da informação ambiental no Brasil?


São algumas questões que merecem respostas numa sociedade que se pretende democrática e sustentável, pois o acesso à informação ambiental é fundamental para assegurar o fortalecimento da democracia e ajudar a sociedade a fazer escolhas melhores no rumo da sustentabilidade. Se a população não recebe informações ambientais em quantidade e qualidade adequadas, tenderá a reproduzir as mesmas escolhas que trouxeram a humanidade à beira de um colapso ambiental.


A existência ou não existência do acesso …

Informativo Apoema 88

Informativo Apoema 88
08.02.2011

A edição (disponivel no link http://www.apoema.com.br/informe_apoema88.pdf) traz um texto reflexivo sobre como a Educação Ambiental pode ser inserida às atividades rotineiras da escola, e destaca os princípios do Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global como balizadores para atividades educacionais voltadas para a sustentabilidade ambiental, entre outras informações. Bom proveito à todos!

Edições anteriores:
http://www.apoema.com.br/links_para_os_informativos.htm

Endereços para receber informativo por e-mail:
Entrar no grupo: informativo_apoema-subscribe@yahoogrupos.com.br
Enviar mensagem:informativo_apoema@yahoogrupos.com.br

Absolescência Programada - Vídeo muito bom!

Imagem
Absolescência Programada - Vídeo documentário muito bom!



Pessoas, assistam!

Precisamos mudar nossa forma de utilizar os recursos naturais reduzindo ao máximo o que extraímos dele e aproveitar ao máximo os materiais que construímos, além de recicla-los quando não servem mais para sua utilidade original.

O vídeo mostra com clareza a nossa falta de comprometimento com o meio ambiente tendo essa postura consumista que enxerga o meio ambiente como um infindável armazém de recursos, como diz o jornalista Vilmar Berna.

Apoema Cursos On-line com inscrições abertas

Imagem
Apoema Cursos On-line com inscrições abertas
As três modalidades dos cursos de Educação Ambiental à Distância estão com as inscrições abertas, com preços promocionais nas primeiras semanas de fevereiro.

1. Educador Ambiental Escolar (EAE)
2. Capacitação de Educação Ambiental em Documentos Referência (CEADR)
3. Educação Ambiental nas Empresas e Aspectos Pedagógicos (EAEA)

Além da promoção, professores e estudantes têm mais 50% de desconto (nos dois primeiros cursos) para inscritos até o dia 21 deste mês (mediante solicitação), quando se iniciam as atividades.

Os descontos serão concedidos apenas para 50 participantes (por semestre), por isto, o quanto antes for realizada a inscrição, maior a chance de obter o desconto para a participação das primeiras turmas deste semestre.

Maiores detalhes e informações são encontradas no site da Apoema Cursos On-line, promovido por Amigos da Natureza e Apoema Cultura Ambiental.

Conheça, participe, divulgue!